Poppers

O poppers, também conhecido como incenso líquido, ouro líquido, nitrito de butila ou nitrato de amila. É um líquido que pode se tratar de nitrito de alquila, isoamila, isopentila ou isopropila, o isobutila também era usado até ser banido.

Encontrada em vidros de 10 a 30 ml, costuma ser comercializado como desodorizador de ambiente e polidor de couro, já que sua venda é proibida. Ele costuma ser inalado direto do vidro ou através de um pano embebido com o líquido. Possui efeito imediato de calor, excitação, bem-estar e sensibilidade corporal, que duram cerca de 5 minutos.

Também chamado de droga do amor, causa vasodilatação, relaxando músculos lisos da vagina e ânus, o que facilita a penetração, podendo aumentar o orgasmo. Além disso, também ajuda no sexo oral, reduzindo o reflexo de vômito, mas apesar do prazer proporcionado pode reduzir a capacidade de ereção.

Inflamável, é preciso mantê-lo longe de chamas, assim como da pele e dos olhos, já que pode causar queimaduras. Por ter um efeito passageiro acaba sendo usado com maior frequência, reduzindo a sensibilidade a seus efeitos. Como consequência do abuso pode haver taquicardia, dores de cabeça e no peito, enxaquecas, náusea, vômito e redução da pressão arterial, ocasionando desmaios e perca de consciência. Além disso, causa alterações oculares, cianose na boca e mucosas, devido à falta de oxigenação, perda de coordenação e hemorragias nasais.

Seu uso prolongado ainda pode levar à falência dos neurônios e deficiência cognitiva, inibindo o aprendizado e a memória. Definitivamente, ele jamais deve ser engolido, porque pode causar morte por parada cardíaca.

A princípio, o poppers era usado em casos de infarto, já que causa vasodilatação, ou pra tratar envenenamento por cianeto. Seu nome se deve ao barulhinho que fazia ao ser quebrada a ampola no qual vinha.